Pressione enter para ver os resultados ou esc para cancelar.

Minecraft na sala de aula: uma boa ideia para ajudar os professores?

Um dos jogos mais populares de todos os tempos chega às salas de aula em versão educativa. Mas será que o Minecraft é um boa ferramenta de ensino?

O game Minecraft é um verdadeiro fenômeno. Criado como um ‘mundo aberto’, no qual todos os elementos podem ser modificados e moldados de acordo com a criatividade dos jogadores, o game se tornou febre mundial, especialmente entre os mais jovens. O Minecraft é um dos temas mais procurados nos mecanismos de buscas e domina a lista dos vídeos mais assistidos do Youtube.

No ano passado, foram vendidas 50 mil cópias de Minecraft por dia.

O game já soma mais de 100 milhões de unidades vendidas e está presente em praticamente todas as plataformas digitais.

Como o Minecraft é bastante flexível e permite que inúmeras atividades diferentes ocorram em seus mundos virtuais, ele se tornou a menina dos olhos de quem gosta de trazer a tecnologia para dentro da sala de aula. Ainda mais quando o mundo da educação passa a ver com maior interesse a união entre a diversão, a interatividade e o aprender – um jeito de ensinar também conhecido como gamificação.

Para ler depois: Gamificação: tudo o que você precisa saber, por um professor

Se, até agora, o jogo era voltado apenas para o lado ‘entretenimento’, muito breve unirá forças com escolas e professores. Novidades serão lançadas nas próximas semanas que prometem transformar o Minecraft em um aliado poderoso dos profissionais de ensino na hora de transmitir conceitos e se comunicar com alunos cada vez mais ligados no mundo da tecnologia.

UM INVESTIMENTO BILIONÁRIO NA EDUCAÇÃO

Em novembro de 2014, a Microsoft comprou a empresa desenvolvedora do Minecraft por astronômicos 2.5 bilhões de dólares. Parecia muito dinheiro para um joguinho em que mundos virtuais eram construídos com simples blocos. Além da popularidade sem igual do game, havia outros elementos que trouxeram valor à negociação. Um deles era a capacidade do jogo de se tornar uma forte ferramenta educacional.

“Temos acompanhado uma década e meia de pesquisa e de interesse no aprendizado baseado em games“, disse em comunicado à imprensa Deirdre Quarnstrom, diretora de Minecraft Education na Microsoft (sim, existe uma divisão de educação via Minecraft na empresa!).

minecraft education edition - camera fotografica
A versão educativa do Minecraft possui ferramentas adicionais, como uma câmera fotográfica que ajuda os alunos a capturar imagens de suas criações e compartilhá-las com os professores.

Educadores buscam novas maneiras de influenciar seus estudantes e de se conectar a eles, trazendo também novas tecnologias para a sala de aula. O aprendizado baseado em games consegue alcançar direitinho os estudantes em seu cotidiano. Eles jogam quando estão em casa, usam aparelhos digitais e navegam por mundos virtuais, então estão bastante familiarizados com isso”, explica Deirdre.

COMO UTILIZAR O MINECRAFT NA ESCOLA?

Logo após a aquisição do Minecraft, a Microsoft comprou uma outra empresa que começava a produzir conteúdo educativo para o Minecraft. O produto acabou se transformando no Minecraft: Education Edition, a ser lançado oficialmente ainda este ano. Uma versão de testes já está disponível para baixar.

A ideia da Microsoft é utilizar a familiaridade que as crianças já têm com o jogo e os vários recursos interativos que ele oferece para oferecer experiências de ensino mais ricas.

No futuro próximo, haverá basicamente duas maneiras para os professores utilizarem o Minecraft na sala de aula: por meio da versão educacional tradicional ou aproveitando aulas ‘pré-criadas’.

No primeiro caso, os professores e os alunos ‘entram’ no mundo do Minecraft que todos já conhecem, porém os profissionais da educação recebem ferramentas que permitem moldar o jogo de acordo com seus propósitos educativos, criando conteúdo e exemplos de aulas, ao mesmo tempo em que têm o poder sobre boa parte das ações dos alunos – nada de brincadeiras à parte enquanto as aulas estiverem sendo dadas!

minecraft education edition - guia para o professor
A versão educativa do game Minecraft traz tutoriais interativos que ensinam – inclusive para os professores – como utilizar as diversas ferramentas do jogo e aproveitar melhor seu vasto mundo de possibilidades.

No segundo, o professor acessa, junto com os alunos, mundos já criados previamente para ensinar determinados conceitos. Um exemplo é um mundo para ensinar geometria espacial (veja mais no quadro abaixo). Outro exemplo que a Microsoft anunciou é de uma ‘aula’ sobre preservação ambiental, a qual utiliza as versões simplificadas de ecossistemas presentes no jogo para ensinar sobre os perigos do desmatamento.

material-gamificacaoPowered by Rock Convert

Dessa forma, muito mais do que ouvir ou ler sobre um assunto, os alunos poderão vivenciar os temas discutidos pelos professores e, ativamente, agir ao longo do desenvolvimento das aulas.


minecraft education edition - aulas de geometria

Em comunicado, a Microsoft anunciou há poucos dias aulas inéditas de geometria na versão educativa do Minecraft. Acompanhe abaixo o comunicado e perceba, nas palavras grifadas, os principais enfoques desta iniciativa:

“Criado por Marco Vigelini e Alisia Arcone, este mundo e plano de aula oferecem aos estudantes oportunidades para explorar conceitos geométricos básicos de área e perímetro. Faça com que seus alunos descubram as relações entre estas medidas enquanto aprendem sobre quadriláteros e outras formas. Quando tiver terminado, use o espaço em aberto para construir ainda mais.

Plano de aula – foco não apenas no lado lúdico da brincadeira, mas principalmente no pedagógico e na importância do profissional da educação como mediador.

Faça com que… – o professor é essencial para fazer a criançada prestar atenção no que importa. Como o jogo é um ‘mundo aberto’, com inúmeras possibilidades interativas, é o professor que tem o controle das atividades.

Quando tiver terminado… – o professor e seus alunos poderão aproveitar os demais aspectos do jogo de maneira ‘livre’, assim que a aula estiver concluída, oferecendo novas possibilidades de aprendizado e de interação.


FERRAMENTAS MELHORES QUE O MINECRAFT PARA FACILITAR A VIDA DOS PROFESSORES

O Minecraft oferece um vasto mundo aberto, sem objetivos a serem completados, e com diversas ferramentas para moldar tudo o que se vê ao redor. A intenção dos educadores que já estão utilizando o game na sala de aula é aproveitar estas funcionalidades para liberar a imaginação na hora de criar aulas, as quais terão grande aceitação pelas crianças.

É claro que há inúmeras dúvidas quanto ao real impacto de usar um jogo como o Minecraft na hora de ensinar. O pesquisar Richard Van Eck, da Universidade de North Dakota, nos EUA, é um dos acadêmicos mais interessados no assunto, e comenta: “Você precisa entender o que é [o Minecraft educacional] e para quê ele serve antes de entrar nessa onda. Utilizá-lo dará bastante trabalho, e não é algo que possa substituir tudo o que você normalmente ensina”, diz o pesquisador.

Em especial, criar aulas no mundo do Minecraft exigirá que os professores reservem várias horas de trabalho, inicialmente aprendendo como funciona a interface e, depois, editando-a e inventando aulas criativas. “Apesar do fato da Microsoft ter simplificado a interface [do Minecraft] e de tê-la tornado mais com ‘cara’ de sala de aula, ainda exigirá mais trabalho do que o plano de aulas tradicional”, ensina Richard.


No momento, portanto, o Minecraft soa como uma ideia interessante para a sala de aula, mas ainda precisa provar que suas funcionalidades funcionam bem como instrumentos educativos.

Em termos práticos de uso de tecnologia na sala de aula, as plataformas digitais de ensino são ferramentas muito mais poderosas, permitindo aos professores criar e desenvolver conteúdo digital e acompanhar os progressos dos alunos com grande facilidade. Se, no momento, criar aulas no Minecraft é trabalhoso, tal tarefa é intuitivamente realizada com a ajuda destas plataformas. E se, hoje, existe um limitado mercado de opções de ‘aulas’ pré-criadas no Minecraft para uso dos professores, eles já podem contar com sistemas inteligentes de seleção de conteúdo nas plataformas digitais mais modernas, como a Sílabe, o que facilita o enriquecimento de suas aulas e permite estudar conteúdo de alta qualidade específico para as faixas etárias de suas turmas.

O mundo da tecnologia na sala de aula se desenvolve a cada dia, e o uso de games famosos é uma tendência que ganha força no ensino. A educação online via games não estará voltada apenas ao Minecraft, mas certamente o sucesso do jogo ajudará a popularizar ainda mais este conceito.