Pressione enter para ver os resultados ou esc para cancelar.

Flashcards: o que são e como usar em sala

Flashcard é uma palavra em inglês que representa “cartão rápido”. Sua função em sala é de auxiliar no resumo e memorização da matéria.

Flashcards: o que são?

É dito que uma imagem vale mais que mil palavras. Está muito mais que comprovado pela teoria e pela prática o poder de fixação que as figuras têm no aprendizado desde a fase infantil até a adulta. Nem sempre aparatos tecnológicos estão disponíveis para uso em sala de aula, embora se saiba o quanto são importantes e quebram aquele galho! É nesse contexto que entram os “Flashcards”.

Flashcard é uma palavra em inglês que conota a ideia de representação gráfica prática (flash=rápido/card=cartão). São nada mais nada menos que pequenos cartões que auxiliam no resumo e memorização da matéria. É um método que funciona através da repetição, associação e memorização, proporcionando uma aprendizagem rápida e fluida. Podem ser facilmente elaborados e utilizados em qualquer sala de aula: desde a educação infantil aos adultos e em qualquer matéria! Na prática de hoje você verá como, com um pouco de investimento -ou de capricho-, os Flashcards pode tornar sua vida mais fácil e sua aula mais dinâmica!


Sem tempo de ler tudo agora?

Baixe gratuitamente este conteúdo em formato de pdf, feito para leitura no celular, e leia quando quiser.


Um Flashcard vale mais que mil palavras

Artigos como “FlashGame: Sistema web gamificado para revisão de conteúdos com flashcards” relatam que a dificuldade em memorizar conteúdos curriculares é comum, sendo encontrada em jovens e adultos em diversas ocasiões.

Para Alvarez (2004), técnicas ou estratégias de memorização em conjunto com comportamentos saudáveis podem trazer bons resultados para a memória aumentando o desempenho das pessoas. Dentre essas técnicas de memorização temos a dos flashcards.

Entretanto, a memorização com flashcards pode ser um processo repetitivo o que pode fazer com que o estudante sinta-se desestimulado. Para contornar esse obstáculo uma alternativa é buscar apoio em métodos que aumentem o engajamento e motivação, como a gamificação. O objetivo da gamificação é o de promover os comportamentos desejados, como motivar os estudantes em suas revisões de conteúdo, através do uso da mecânica, dinâmica e estruturas de jogo (LEE E HAMMER, 2011).

Flashcards como ferramenta facilitadora para fixação de vocabulário

Tendo em vista que o objetivo dos flashcards é ter exemplos em mãos para ilustrar o que está sendo ensinado, o primeiro passo é a criação desse material. Existem diversos sites com materiais prontos, como o Kids Page, ou com a diagramação pronta, como o Flashcards Online, GoConqr e o Canva, onde você só insere as figuras que precisar. Além disso,  usando a criatividade é possível montar seus cartões com recorte de revista e cartolina. Aqui estão alguns exemplos:


1º passo – Escolha as imagens

No exemplo a seguir, foram utilizados os filmes “os Incríveis” e “Mohana” em uma aula de inglês sobre Family members (família). A escolha de ambos tiveram dois motivos especiais: o primeiro, a reconhecimento automático dos personagens por parte dos alunos. Já o segundo e talvez o mais especial é não estereotipar a figura materna com imagens de mulheres fazendo bolo ou cuidando da casa e paterna onde a figura masculina aparece fazendo serviços elétricos ou mecânicos. É uma boa prática procurar por imagens de fácil assimilação, onde prontamente eles lembram do filme e sabem o que o personagem representa.

3º passo – Prepare o material

Após a escolha das imagens, o segundo passo é imprimir/recortar de algum jornal, revista etc. e colar em uma folha de cartolina para que o material não só tenha um acabamento melhor como também se torne mais durável. Uma dica é separar o assunto por cor para que a organização seja mais fácil. Outra dica também é, se possível, plastificar ou encapar com papel contact (mas isso obviamente depende do quanto se está disposto a investir).

3º passo – Dê cena a criatividade

Com o material em mãos é só colocar a criatividade em prática! Existem diversas atividades que podem ser utilizadas – e improvisadas – que vai auxiliar na fixação do conhecimento. Imprimindo dois conjuntos de flashcards torna-se um jogo da memória. No caso do ensino de língua, pede-se pra criança dizer qual carta tirou pondo em prática o vocábulo adquirido. Há também “o que está faltando?” (coloca-se uma fileira de cartas, os alunos fecham os olhos, uma carta é retirada e eles têm de dizer qual é), “ Atividades como essa estimulam a repetição de uma maneira natural e divertida, muito diferente da mecanicidade que estamos acostumados.

Considerações da professora

Assim como qualquer atividade que foge do óbvio, essa é uma atividade desafiadora podendo ser um sucesso… ou não! Mas ao mesmo tempo é uma ferramenta simples e muito rica, uma vez que é possível realizar inúmeras atividades, cada uma com um propósito diferente. Jogos como batalha naval, correr e pegar (espalhe vários cards e diga uma figura. Quem pegar primeiro ganha), lembrar a sequência, jogo da memória, são apenas alguns exemplos dentre inúmeras atividades que podem ser realizadas para animar a aula. O importante é ter o tato para sentir quando os alunos se engajam e poder repetir sempre que achar necessário, ou melhor: testar novas modalidades.  A criatividade é o limite!

Professores que inspiram as Práticas!

A Prática Educacional de hoje foi inteiramente produzida pela professora Juliana Ferraz.

Em curso da segunda licenciatura, dessa vez em pedagogia, e concluindo uma pós graduação em ludopedagogia na educação infantil, Juliana teve sua primeira experiência em sala de aula aos 16 anos, onde monitorava as aulas de inglês. Até então nunca tinha se imaginado professora. Hoje com 23 não se vê mais em outra profissão. Busca sempre se aperfeiçoar com cursos, workshops, literaturas, etc. Recentemente concluiu um curso sobre pedagogia sistêmica.


Gostou do conteúdo?

Esse texto faz parte de um projeto aqui no Sílabe chamado Práticas Educacionais. Produzido pelo time do Sílabe e pelos professores da rede, as Práticas levam para o WhatsApp de professores de todo Brasil dicas práticas de atividades e metodologias para serem usadas dentro da sala de aula.


Referências

Práticas EducacionaisPowered by Rock Convert