Pressione enter para ver os resultados ou esc para cancelar.

Aprendizagem Baseada em Problemas (PBL), o que é?

PBL é uma sigla que vem do inglês, Problem Based Learning, que representa a Aprendizagem Baseada em Problemas (ABP) e, como o próprio nome diz, é a construção do conhecimento a partir da discussão em grupo de um problema.

Essa metodologia ativa de ensino vem ganhando muito espaço entre os educadores nos últimos tempos – principalmente em faculdades de medicina.

A Universidade McMaster, no Canadá, e a de Maastricht, na Holanda, foram as primeiras a adotá-lo, lá em 1969.  Desde então, ele vem sendo implantado em importantes escolas de diversas áreas mundo afora.

No Brasil, a Aprendizagem Baseada em problemas PBL chegou através da Faculdade de Medicina de Marília (SP) e da UEL (Universidade Estadual de Londrina), no Paraná, e já está presente em várias outras.

Como funciona o PBL

Essa metodologia quebrou o paradigma de aula tradicional, com disciplinas curriculares distanciadas umas das outras e o controle de presença e provas:

Nela, o aluno estuda individualmente sobre determinado assunto antes da aula, e anota todas as suas dúvidas ou dificuldades.

Na aula, acontecem discussões sobre os problemas apresentados, realizadas em grupos.

Esses grupos são formados por no máximo 10 alunos, e não mais por turmas enormes de até 100 estudantes.

Desta forma, a participação de cada aluno se torna essencial, incentivando o trabalho em grupo e a comunicação.

A Aprendizagem Baseada em problemas PBL traz para a sala de aula a interdisciplinaridade, seguindo a concepção de ensino atual, prevista na Base Nacional Comum Curricular.

O PBL também segue as novas diretrizes e parâmetros curriculares da educação básica, reduzindo a distância entre o aprendizado da teoria e a prática.

Entenda como o PBL estimula as competências do século 21

O Aluno no centro do processo

Com o PBL, o foco do ensino passa a ser o aluno, que deixa de exercer o papel de receptor passivo das informações transmitidas por seus professores.

aprendizagem baseada em problemas pbl

A partir da aplicação da Aprendizagem Baseada em problemas (PBL), observou-se inúmeras vantagens e desvantagens do mesmo em comparação com o ensino tradicional. Listamos as principais:

Vantagens do PBL

  • Estimula os diferentes estilos de aprendizagem dos alunos
  • Aumento do senso de responsabilidade dos estudantes, que agora precisam ter vontade e disciplina para estudar e aprender por conta própria.
  • Estimulo a leitura, ao emprego do raciocínio lógico e as discussões.
  • Incentivo aos estudantes para que investiguem mais a fundo os problemas apresentados a fim de encontrar soluções práticas para eles.
  • Estimula e desenvolve a habilidade do trabalho em equipe através dos grupos de discussão.
  • Permite a interlocução das disciplinas e especialidades distintas e a troca de informações entre elas.
  • E, talvez a mais importante de todas as vantagens, o acesso precoce dos estudantes ao meio prático da profissão escolhida, formando novos profissionais mais motivados e mais humanizados, já que os estudantes podem ver de perto o resultado prático de suas investigações.
Está gostando do conteúdo? Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Desvantagens do PBL

  • Com a ausência de provas e trabalhos escolares frequentes, há menos cobrança por parte dos professores. Os estudantes que não se abrem para o método incialmente tendem a se dedicar menos aos estudos e, consequentemente, aprendem menos.
  • Com a facilidade de acesso e a quantidade de informações disponíveis na internet, os alunos podem acabar recorrendo a fontes de pesquisas duvidosas, sem a preocupação com a origem e a veracidade das informações encontradas. O novo método recebeu algumas críticas pesadas por ser considerado superficial. De certa forma encoraja alunos a “enganar” seus professores, com cópias de trabalhos encontrados na internet por exemplo.
  • No primeiro semestre de aplicação do PBL em um curso brasileiro de medicina, a média geral do “Provão” caiu de A para B.

No fim das contas, não há uma receita certa para ensinar habilidades. As formas de ensino dependem da nossa realidade para serem bem sucedidas e, sobretudo, da nossa capacidade de enxergar e aproveitar novas oportunidades em cada método de ensino.

Confira um video resumo feito pela FGV sobre o tema:

E você, ficou interessado na metodologia da Aprendizagem Baseada em problemas PBL?